Como evitar acidentes com a manutenção elétrica?

Como evitar acidentes com a manutenção elétrica?

17 de junho de 2019 /

Quem trabalha com manutenção elétrica conhece os riscos de tomar um choque, que pode ser leve ou causar lesões graves — em alguns casos havendo até mesmo risco de morte.

Os problemas mais comuns que uma descarga de eletricidade pode causar ao trabalhador são queimaduras leves ou graves, danos ao tecido nervoso, alterações da frequência cardíaca, além de efeitos psicológicos como irritabilidade e distúrbios de sono.

É importante saber como evitar acidentes de trabalho nesse ramo, pois os efeitos de um choque elétrico são ruins tanto para o funcionário quanto para a empresa. Confira abaixo algumas dicas que devem ser seguidas para garantir mais segurança na hora de efetuar esse tipo de serviço!

Cumpra os procedimentos da NR 10

Alguns acidentes são causados pelo não cumprimento dos procedimentos padrão de segurança estabelecidos pela norma NR 10 (Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade).

Essa norma possui requisitos e condições de segurança mínimas para que sejam implementados sistemas de prevenção de acidentes e medidas de controle para garantir a integridade dos funcionários que exercem atividades relacionadas à eletricidade.

Alguns dos procedimentos listados são avaliação prévia da tarefa a ser executada, planejamento e análise de riscos envolvidos na operação.

Use os EPIs recomendados para manutenção elétrica

O EPI é um direito de todo funcionário, e é dever de todo empregador providenciar o material e fornecê-lo à sua equipe. Para o ramo da atividade elétrica, alguns EPIs específicos devem ser utilizados:

  • botina de segurança, que, para esse tipo de atividade, não pode ter nenhum material metálico e deve ser capaz de isolar eletricidade;
  • capacete de segurança, que, para o risco de choque elétrico, é recomendado o uso de capacete de segurança classe B;
  • cinto de segurança, indicado para trabalhos em altura que envolvam risco de choque elétrico;
  • luva de segurança, que deve ser isolante, de borracha. Além disso, outra luva (de couro) sobreposta é fundamental para a realização de manutenção em instalações elétricas;
  • mangas isolantes, que, em atividades de alto risco, protegem os braços e proporcionam mais segurança.

Para cada atividade, um EPI específico vai proteger o usuário.

É essencial a presença de um engenheiro ou técnico em segurança do trabalho para identificar as situações de risco e garantir as medidas de proteção dos operários durante a jornada de trabalho.

Ofereça treinamentos

O treinamento é essencial para que as medidas de segurança sejam aprendidas pelos trabalhadores, assegurando a proteção de todos. A capacitação dos colaboradores para a realização das tarefas, a conscientização sobre as medidas de controle, os riscos envolvidos e a importância da utilização dos EPIs contribui para que ocorra um menor número de acidentes de trabalho.

O conhecimento dos procedimentos de segurança da NR 10, o uso de equipamentos de segurança específicos para eletricidade e a realização de treinamentos são medidas que, se aplicadas em conjunto, garantem a segurança e o bem-estar de todos na empresa, preservando a qualidade de serviço e a produtividade na realização de tarefas de manutenção elétrica.

Sua empresa faz uso dessas práticas? Há algo que pode ser diferente para reduzir o risco de acidentes? Deixe um comentário!

Comenta aí vai!


Mais lidos